EFERoma

O avançado português João Félix, do Atlético de Madrid, foi anunciado esta quarta-feira como o vencedor do prémio Golden Boy, galardão oferecido pelo jornal italiano Tuttosport, ao melhor jogador com menos de 21 anos a atuar na Europa.

João Félix, de 20 anos, está na sua primeira temporada no Atlético de Madrid, depois de ter sido contratado ao Benfica este verão. Félix foi o mais votado num júri formado por 40 jornalistas dos principais média italianos e de outros países europeus.

Cada eleitor precisava de apontar os cinco melhores jovens do ano. O primeiro escolhido recebia dez pontos, o segundo sete, o terceiro cinco, o quarto três e o quinto um.

O troféu será entregue numa cerimónia marcada para o dia 16 de dezembro em Turim.

Em 2019, João Félix venceu com o Benfica a Liga portuguesa, competição na qual foi eleito o jogador revelação, chegando ainda a integrar a equipa ideal. Além disso, ajudou Portugal a erguer o título da Liga das Nações e a classificar-se para o Europeu.

Depois do jogador do Atlético de Madrid, que terminou a disputa com 332 pontos, encontra-se o avançado inglês Jadon Sancho, do Borussia de Dortmund, com 175, e o também atacante alemão Kai Havertz, do Bayer Leverkusen, com 75.

O avançado norueguês Erling Haaland, atualmente no Red Bull Salzburg, e o defesa holandês Matthijs de Ligt, que atua pela Juventus, completam o 'top-5'. Em sexto, aparece o avançado espanhol Ansu Fati, do Barcelona.