EFELisboa

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, reconheceu que a contratação do uruguaio Edinson Cavani "não é fácil" financeiramente, mas garantiu que o presidente do clube lisboeta está a fazer "tudo" para o conseguir.

“Tem de haver uma engenharia financeira, onde o presidente é muito forte. Já estava a ser falado e conversado antes de eu chegar ao Benfica. O presidente está a fazer tudo para que isso aconteça”, disse em entrevista ao canal oficial das "águias".

Jesus afirmou que não foi ele quem pediu para assinar o uruguaio, mas gostou da ideia: “Se me perguntarem, se quero? Quem não quer? Não só para o Benfica como para o futebol portugués".

"Nós em Portugal temos dificuldade em competir com outras equipas de outros países. Se pudessemos competir com os outros, já tinhamos ganho uma Champions!", disse.