EFEParis

A lenda francesa do ciclismo Raymond Poulidor, popular por ter encarnado a figura do "eterno segundo" no Tour de France, faleceu esta quarta-feira aos 83 anos após vários meses hospitalizado, confirmaram à Efe fontes próximas à família.

O "eterno segundo", que tem o recorde de pódios no Tour de France, corrida na qual nunca vestiu a camisola amarela, era um dos rostos habituais do evento, pois mesmo depois de deixar a bicicleta continuou como comentador desportivo ou como embaixador de marcas de forma ininterrupta até à última edição.

Internado no passado 8 de outubro devido a sintomas de grande fadiga em Saint-Léonard-de-Noblat, o município do centro do país onde residia há várias décadas, Poulidor faleceu na passada madrugada.

Rival de Jacques Anquetil, o primeiro ciclista que conquistou cinco vezes o Tour de France, entre 1957 e 1964, Poulidor nunca deixou de lutar frente ao grande campeão, uma constante que o fez subir oito vezes ao pódio da corrida, a última com mais de 40 anos.