EFERedação desporto

O brasileiro Leonardo, diretor desportivo do Paris Saint-Germain, confirmou, após a vitória da sua equipa na Taça de França contra o Lorient, que o uruguaio Edinson Cavani pediu este domingo para "sair" do clube francês neste mercado de inverno e admitiu a oferta do Atlético de Madrid por ele, mas observou que não está "de acordo com o valor do jogador".

"Sempre dissemos o mesmo de Cavani. Esperávamos que ele ficasse no clube. Hoje pediu para sair. Estamos a estudar a situação. Tivemos uma proposta do Atlético de Madrid. Não recebemos uma proposta de acordo com o valor do jogador", disse Leonardo no final do encontro, segundo o 'L'Equipe'.

Cavani é alvo do Atlético de Madrid este janeiro para reforçar o seu ataque.

"Ouvimos o jogador. Desde então não tivemos novos contactos com o Atlético de Madrid. Hoje não há nada. Estamos a olhar para o futuro. Veremos como se desenvolve nos próximos dias. Estamos a ouvir porque respeitamos o jogador", acrescentou.

"É difícil substituir um jogador como o Cavani. Há que pensar com lucidez. Nunca pedimos uma soma de dinheiro. O mundo todo fala sobre isso mas nunca estabelecemos um valor porque o mais importante é o desejo de todos. Temos de ser claros. O jogador quer sair", disse.