EFELisboa

A Direção Geral da Saúde de Portugal (DGS) aprovou dezasseis estádios de futebol onde poderão ser jogadas as últimas dez jornadas da Liga a partir de 3 de junho, excluindo apenas os campos do Moreirense, Santa Clara e Belenenses.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou inicialmente em comunicado que os estádios do Benfica, Porto, Sporting, Vitória de Guimarães, Braga, Tondela, Marítimo e Portimonense cumpriam as condições necessárias para poder disputar jogos, assim como o campus Cidade do Futebol em Oeiras, campo de treino habitual da seleção portuguesa.

Juntaram-se depois os campos do Boavista, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Rio Ave, Desportivo das Aves, Famalicão e Vitória de Setúbal, que efetuaram os ajustes exigidos pela DGS para que fossem aprovados.