EFELas Rozas (Madrid)

O selecionador de Espanha, Luis Enrique, evitou falar das ausências na última lista de 23 convocados e ao ser perguntado por Iker Casillas, sem o referir diretamente, disse que valoriza "cada jogador, tenha a idade que tiver".

Luis Enrique revolucionou a sua convocatória com oito novidades -Bernat, Sergi Goméz, Jesús Navas, Dani Parejo, Canales, Fabián Ruiz, Jaime Mata e Iker Munianin- para os dois primeiros jogos da fase de classificação para o Europeu de 2020 contra a Noruega em casa e Malta fora.

Com as baixas por lesão de Dani Carvajal, Diego Llorente e Iago Aspas, Enrique prescinde para o arranque do caminho ao Europeu de 2020 de jogadores de peso como Isco Alarcón, Saúl Ñíguez, Thiago Alcántara ou Koke Resurrección.

"Não tenho nada a dizer dos jogadores que não estão. É um dia feliz para os que estão dentro", disse Luis Enrique, que foi perguntado por Iker Casillas.

"Valorizo cada jogador espanhol que jogue, tenha a idade que tiver. Estou encantado de que haja muitos espanhóis para serem selecionados e joguem nas suas equipas. Isso vale para qualquer jogador, esteja na lista ou não", comentou.