EFELisboa

Luís Filipe Vieira foi reeleito presidente do Benfica para um novo mandato de quatro anos com 62,59% dos votos numas eleições que terminaram na última noite com uma participação recorde de 38.058 votantes.

Depois da contagem, o presidente das "águias", no cargo desde 2003, disse que a partir de agora não há "nem vencedores nem vencidos", em clara alusão ao candidato derrotado Noronha Lopes, que conseguiu 34,71%.

Em terceiro ficou o candidato Rui Gomes da Silva, com 1,64%.

Vieira vai continuar como vice-presidente com o ex-futebolista português Rui Costa, que se tornou num dos homens fortes do clube lisboeta.

Luís Filipe Vieira está acusado desde o passado 18 de setembro pelo Ministério Público de Portugal de ter beneficiado de suposta ajuda irregular de um juiz em troca de convites e um cargo na Fundação do clube.

O presidente reeleito é um dos 17 arguidos da Operação Lex, que investiga alegados atos irregulares de juízes.