EFELondres

O Manchester City vai tomar medidas disciplinares contra o futebolista Kyle Walker depois deste ter quebrado a quarentena para organizar uma festa.

Segundo a imprensa inglesa, Walker ignorou as recomendações de segurança durante o coronavírus e organizou uma festa em casa na semana passada.

O futebolista inglês apresentou um pedido de desculpas em comunicado.

"Entendo que na minha posição de futebolista tenho a responsabilidade de ser um modelo. Como tal, quero pedir desculpas à minha família, amigos, equipa e fãs por os ter desiludido", disse Walker.

"Há heróis lá fora a fazer uma diferença vital para a sociedade neste momento. As minhas ações têm estado em total contraste com o que devia ter feito durante a quarentena e quero reiterar a mensagem, fiquem em casa e em segurança", acrescentou.

O Manchester City explicou em comunicado que irá conduzir um processo disciplinar interno esta semana para abordar o caso de Walker.