EFEBarcelona

O avançado do Barcelona, Lionel Messi, admitiu esta quarta-feira numa entrevista na 'Rac1' que na temporada 2013-14, devido a um problema com o Fisco, que não queria sair do clube "mas de Espanha", pois sentia-se "maltratado".

Quanto ao futuro de Neymar, Messi admitiu que "como estava o mercado", se não vinha para o Barça "ia ao (Real) Madrid", porque "pensei que tinha muita vontade de sair".

Além disso, o argentino pensou que se não voltasse ao Barça iria para o Real porque "o Florentino (Pérez) faria alguma coisa para o contratar".

"Até hoje, está cada vez mais claro que a minha ideia e a da minha família é terminar aqui. Primeiro, por como estou no clube e o que sinto por ele. E segundo, pelo familiar, pelo bem que estamos nesta cidade ", afirmou.