EFEPorto Alegre

A estrela do Barcelona e da seleção argentina, Lionel Messi, afirmou este domingo após classificar-se para os quartos de final da Copa América com uma vitória sobre o Catar (2-0) de que todos os relvados onde a sua seleção jogou são "muito maus".

Messi acusou o estado do terreno para explicar porque motivo a melhor ocasião que teve para fazer golo no encontro acabou com a bola na bancada, numa finalização de pé esquerdo dentro da área.

Antes, o selecionador da Argentina Lionel Scaloni tinha feito a mesma observação em conferência de imprensa.

O avançado afirmou que sua seleção precisava de um jogo como a que fizeram contra o Catar para ganhar confiança, após as críticas recebidas por causa dos dois primeiros jogos na competição, onde perdeu contra a Colômbia e empatou com o Paraguai.

"Precisávamos de um jogo assim para a tranquilidade de todos, para a confiança e para chegar bem ao importante, à etapa do tudo ou nada", afirmou o jogador.

Messi mostrou a sua alegria com a vitória e a vaga para os quartos de final, num jogo que classificou de difícil por causa da necessidade da seleção argentina de vencer para não depender de outros resultados.

"Difícil de jogar pela obrigação, pelo medo de ficar fora. É importante que tenhamos ganhado, que tenhamos passado e isso tem que nos servir para o que vem pela frente", avaliou Messi.