EFENova Iorque

O antigo pugilista americano Mike Tyson não vai enfrentar o seu velho rival e compatriota Evander Holyfield numa luta de exibição, como se especulou inicialmente.

Tyson, de 53 anos, deixou claro que não vai lutar com o intuito de lucro próprio, apenas para arrecadar dinheiro para a caridade.

O polémico pugilista chamou recentemente à atenção depois de publicar vídeos a treinar, adiantando que pretende regressar ao mundo do boxe.

Holyfield, de 57 anos, também o fez, praticamente ao mesmo tempo, levando a todo o tipo de especulações de que haveria um terceiro combate entre ambos

Tyson disse a Lil Wayne no seu programa "Young Money Radio" que vai enfrentar outro rival, sem especificar qual.

"Não, não, temos muitos homens", comentou Tyson, descartando Holyfield como um possível primeiro adversário.

"Ouve, temos tantos tipos que querem fazer isto. Estamos em chamadas, estamos atualmente a fazer negócios com rapazes. Não vais acreditar nos nomes quando forem divulgados. Nesta semana vamos ter o contrato terminado", ressaltou Tyson.

O ex-campeão mundial de peso pesado acrescentou que "qualquer dinheiro que obtenhamos, será dado a outros. Eu não vou ganhar dinheiro, provavelmente companhia, a minha esposa, porque está associada comigo, provavelmente irão ganhar algo. Mas o meu dinheiro vai (para caridade)".