EFELondres

Gordon Banks, guarda-redes inglês que participou na conquista do Mundial de 1966, morreu esta terça-feira aos 81 anos.

"Com muito pesar anunciamos que Gordon faleceu pacificamente esta noite", comunicou a família do guarda-redes inglês.

"Estamos devastados com a sua perda, mas temos muitas boas recordações e não poderíamos estar mais orgulhosos dele", acrescentou a família.

Banks foi um dos integrantes da seleção inglesa que venceu o Mundial de 1966 disputado em solo próprio, o único grande troféu internacional conquistado pelos "Três Leões".

Um dos seus momentos mais conhecidos é a defesa da cabeçada de Pelé durante o Mundial de 1970, considerada uma das maiores defesas da história do futebol.

Banks participou em 73 jogos com Inglaterra e ao longo da sua carreira defendeu as cores do Chesterfield, do Leicester e do Stoke City.

Em 1972, Banks sofreu um acidente de trânsito que o fez perder a visão no olho direito e, com isso, terminar a sua carreira profissional.