EFEParis

O espanhol Rafael Nadal, número 2 do ranking, classificou-se esta sexta-feira para a sua décima segunda final de Roland Garros, após derrotar o suíço Roger Federer, número 3, por 6-3, 6-4 e 6-2 em duas horas e 25 minutos.

Numas difíceis condições climáticas, com constantes rajadas de vento, Nadal, que não ganhava a Federer desde 2014, acumulando cinco derrotas consecutivas, voltou a demonstrar a sua superioridade sobre o campo de Paris.

O espanhol, que não perdeu nenhuma final em Roland Garros, vai tentar levantar a sua décima segunda Taça dos Mosqueteiros frente ao vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, e o austríaco Dominic Thiem, quatro.