EFESevilha

O médio Óliver Torres, que assinou hoje com o Sevilha até 2024, ressaltou o seu reencontro com o treinador Julen Lopetegui, com quem passou "grandes momentos", ao qual soma o seu "orgulho por vir ao Sevilha", um clube que "quando te chama, nem pensas".

Óliver afirmou que chega "para trabalhar" porque se considera um "peão que deve fazer o possível para que tudo corra bem" através do trabalho "diário", dizendo que é "importante conhecer o mister", embora considera que a "gente nova" que chegou deve "inculcar-se nos valores do Sevilha".

O jogador extremenho classificou o diretor desportivo do Sevilha, Ramón Rodríguez 'Monchi', como "o Messi das negociações", e revelou que o seu colega no Porto, o guarda-redes Iker Casillas, foi um dos que lhe "disse que o Sevilha era uma boa oportunidade".

Monchi indicou que está há "muito tempo a trabalhar" na contratação de Óliver Torres, concretamente "um mês e meio", pelo que classificou a operação como "um trabalho difícil que culminou ontem".