EFEBarcelona

O antigo presidente do Barcelona Josep Maria Bartomeu, o antigo diretor da área da presidência, Jaume Masferrer, e o atual diretor-geral do clube, Óscar Grau, foram detidos esta segunda-feira pelos Mossos d'Esquadra, a polícia catalã, segundo confirmaram fontes judiciais à Efe.

A polícia fez esta manhã buscas nos escritórios do clube no Camp Nou à procura de informação sobre o caso chamado de "Barçagate".

Nas diligências anteriores, a polícia encontrou indícios de possível gestão desleal e/ou corrupção entre particulares.

Esta investigação judicial, que parte de uma denúncia do grupo de opinião 'Dignitat Blaugrana', encontra-se de momento sob segredo de justiça.

O "Barçagate" investiga se uma empresa contratada pelo Barcelona terá supostamente realizado uma campanha de desprestígio nas redes sociais com alvo indivíduos e entidades contrárias à direção de Josep Maria Bartomeu.