EFELisboa

O corredor espanhol Raúl Rico, de 22 anos, tornou-se na principal aposta de futuro do Porto (W-52 FC Porto), a principal equipa de ciclismo portuguesa, que não descarta o possível regresso de Raúl Alarcón, suspenso por doping.

Os ciclistas da equipa do Porto que vão competir em 2020 foram apresentados esta sexta-feira, e entre eles encontra-se um dos mais veteranos do pelotão internacional, o galego de 40 anos Gustavo Veloso.

Segundo informou esta sexta-feira à EFE o diretor da equipa, Nuno Ribeiro, se não houver contratempos, Veloso é um dos fixos do Porto para a próxima Volta à Portugal, onde os "portistas" procuram ganhar pelo quinto ano consecutivo.

Sobre Rico, Ribeiro disse que o jovem "é uma aposta de futuro", já que se trata de um corredor que deu no ano passado o salto aos profissionais, depois de assinar pela equipa portuguesa Vito-Feirense.

O primeiro evento da temporada para o Porto é a Volta ao Algarve, que se vai disputar de 19 a 23 de fevereiro.

Ribeiro confirmou que o clube vai estar presente em algumas competições espanholas desta temporada, tais como a Volta a Castela e Leão ou a Volta às Astúrias.