EFEMadrid

O plantel de futebol do Real Madrid voltou a treinar em grupo nesta segunda-feira, 81 dias após a paralisação das atividades no clube, quando o jogador americano de basquetebol Trey Thompkins deu positivo para o novo coronavírus.

Após um retorno progressivo às atividades, de acordo com as orientações do governo e da federação de Espanha, o técnico francês Zinedine Zidane comandou a primeira atividade da nova fase, no centro de treino dos 'merengues'.

O treinador contou com todos os jogadores disponíveis num mesmo grupo, após folga dada ao plantel no fim de semana. O Real Madrid já se prepara para voltar a atuar em 14 de junho, contra o Eibar, na Liga.

Não participaram no treino em grupo o avançado sérvio Luka Jovic e o defesa espanhol Nacho Fernández, que se recuperam de lesão. Esse último trabalhou em separado e deverá integrar-se ao trabalho com os companheiros amanhã.

O avançado dominicano Mariano Díaz, por sua vez, treinou quase toda a sessão com o restante do plantel, mas não fez atividade com bola, também por estar em processo de reabilitação.