EFELondres

O jogador do Tottenham Hotspur Heung-min Son disse que os últimos dias "têm sido muito duros", após ter lesionado gravemente o médio português do Everton André Gomes.

O sul-coreano participou com dois golos na vitória por 0-4 do Tottenham contra o Estrela Vermelha de Belgrado, celebrando o primeiro golo com um pedido de perdão frente às câmaras.

Tal foi uma referência ao que aconteceu no passado domingo em Goodison Park, quando uma entrada por trás do coreano acabou com Gomes a sofrer uma fratura do tornozelo.

"Têm sido dias muito duros", disse Son, que começou a chorar ao ver a lesão de Gomes, ao canal BT Sport. "Dei-me conta do quão sortudo sou, por todo o apoio que tenho recebido dos adeptos e dos meus colegas", explicou o futebolista asiático.

Son recebeu um cartão vermelho pelo incidente, decisão anulada pela Federação inglesa de futebol, pelo que o sul-coreano estará disponível para o encontro deste fim de semana contra o Sheffield United.