EFELondres

O jogador do Manchester City Raheem Sterling enviou uma carta de apoio na qual pediu "estar orgulhoso de quem és" a um jovem adepto do City que sofreu abuso racial.

O extremo de 24 anos escreveu a carta depois da avó do rapaz ter revelado que o jovem tinha passado um momento duro devido a um incidente racista.

"Mantém a cabeça alta e não deixes que ninguém te tire a coragem. És forte e muito valente e a tua avó está orgulhosa de ti. Continua a ser tu próprio", escreveu o jogador inglês.

Esta reação de Sterling chega semanas depois do próprio Sterling ter enfrentado um incidente racista no encontro entre o Chelsea e o Manchester City em Stamford Bridge no passado 8 de dezembro.

Durante o jogo, Sterling foi alvo de insultos racistas por parte de vários adeptos, que mais tarde foram sancionados pelo Chelsea com a proibição de entrar em campo.

O jogador respondeu através do Instagram e apontou que, relativamente ao ocorrido em Stamford Bridge, teve que "rir-se" porque não esperava nada melhor.