EFELondres

O futebolista do Manchester City Raheem Sterling e o do Liverpool Joe Gomez protagonizaram esta segunda-feira uma pequena altercação que terminou com a saída de Sterling da convocatória inglesa.

Segundo explicou a FA (Federação inglesa de futebol), ambos futebolistas viram-se envolvidos numa "altercação" numa área privada, razão pela qual Sterling saiu da convocatória.

Sterling pediu desculpas publicamente nas redes sociais e explicou que ambos futebolistas estão agora "bem" um com o outro.

"O Joe e eu tivemos uma conversa e viramos agora a página. Estamos num desporto onde as emoções são muito rápidas e sou homem o suficientemente para admitir que me deixei levar por elas", assegurou o avançado do City.

"Ambos entendemos que foi uma coisa de 5 ou 10 segundos que acabou, agora olhamos para a frente e não tornamos isto maior do que é", acrescentou.

Inglaterra vai enfrentar Montenegro esta quinta-feira com a possibilidade de se classificar para o Europeu de 2020 em caso de uma vitória, sem Sterling na equipa.

O treinador de Inglaterra, Gareth Southgate, falou também do incidente e disse que "infelizmente" as emoções do encontro entre o Liverpool e o City (vitória dos 'reds' por 3-1) eram ainda "recentes".

"Tomamos a decisão de não ter o Raheem em conta para este jogo contra Montenegro. A minha sensação é que é o melhor para a equipa", afirmou.