EFERedação de desporto

O 'quarterback' dos Tampa Bay Buccanneers, Tom Brady, de 44 anos, disse este domingo que ainda não pensou se vai cumprir o seu último ano de contrato com os Tampa Bay Buccaneers.

"Honestamente ainda não pensei se vou continuar, vou de dia a dia e depois vemos. O único em que pensava era ganhar este jogo; não pensei em mais nada, há cinco minutos perdemos e não sei mais nada", disse em conferência de imprensa.

Depois da eliminação da equipa de Tampa Bay no duelo divisional da conferência Nacional contra os Los Angeles Rams por 30-27 neste domingo, Brady tem ainda pela frente um ano de contrato com os Bucs por 25.4 milhões de dólares.

No final do jogo, o vencedor de sete Super Bowls preferiu centrar a sua conferência de imprensa na dor da derrota e deixar para depois a decisão sobre a sua carreira.

"Acho que para chegar ao sucesso é preciso trabalhar arduamente, e foi isso que nós fizemos, todas as equipas o fazem, e às vezes deve-se apenas aceitar como as coisas acontecem", explicou.

Brady partilhou há uns dias as suas dúvidas sobre se retirar depois da época de 2022 com o seu colega nos New England Patriots Willie McGinest, antigo 'linebacker' e agora comentador desportivo.

"Senti então que esse era um grande objetivo, pensava que ainda queria chegar aos 45 a jogar, mas agora veremos. Acho que estou em território inexplorado", respondeu Brady durante a entrevista ao canal NFL Network.

Tom Brady, 15 vezes Pro Bowl, recorde da NFL, terminou a época de 2021 como o 'quarterback' com o maior número de jardas na liga, com 5.316, e com mais 'touchdowns', 43. Além disso, fechou a sua participação nos playoffs com 86 passes para marcação na sua carreira, outra marca do campeonato.