EFEMadrid

A final da Liga dos Campeões, disputada no Wanda Metropolitano entre o Liverpool e o Tottenham no passado 1 de junho, gerou nas redes sociais mais de mil milhões de interações entre utilizadores, o que representa mais 30% de interações do que qualquer outro evento de 2019, segundo um comunicado de imprensa difundido esta segunda-feira pela UEFA.

Segundo a empresa de análise Conviva, responsável pelo relatório, "a final da UEFA Champions League é agora o maior evento desportivo jamais celebrado nas Instagram stories por uma só conta" com 177 milhões de impressões. O número de 1.090 milhões de interações nas redes sociais inclui todas as ações ("gostos", "partilhas" e "comentários") e visualizações de vídeo, o que representa mais 110% que na final de há um ano".

O diretor de marketing da UEFA, o francês Guy-Laurent Epstein, comentou que "durante anos, a final foi o maior evento desportivo de um dia em termos de cobertura mediática, e os resultados da final de Madrid corroboram que isto também é assim nas redes sociais".

Segundo Epstein, esta conquista deve-se aos investimentos para desenvolver conteúdos que estimulam os utilizadores. "Apesar do evento se ter posicionado à frente na participação de meios de comunicação e adeptos, vamos continuar a dedicar-nos a ampliar o alcance e a oferecer um grande conteúdo aos nossos fãs".