EFERoma

Alguns adeptos da Fiorentina ameaçaram e insultaram o avançado sérvio Dusan Vlahovic com cartazes colocados em várias zonas de Florença devido à sua iminente saída do clube para assinar pelo eterno rival, a Juventus.

"O respeito não se consegue com os golos. Vlahovic 'gobbo' ('corcunda', alcunha depreciativa associada à Juventus) de merda", lia-se num cartaz deixado pela claque da curva Fiesole, o setor mais impetuoso do estádio da Fiorentina.

Outros cartazes, sem assinatura, chamam o jogador de "cigano" e "traidor" e incluem ameaças de morte.

"Os teus guarda-costas não te vão salvar a vida", segundo um deles.

Vlahovic, melhor marcador da Série A com 17 golos em 21 jogos, é um dos avançados mais cobiçados pelos grandes clubes europeus e, segundo a imprensa italiana, está prestes assinar pela Juventus por cerca de sessenta milhões de euros.

O sérvio, de 21 anos, tem contrato até 2023, mas recusou renová-lo apesar das ofertas milionárias da Fiorentina.

Vlahovic poderá ganhar na Juventus um salário líquido de cerca de sete milhões por época.