EFEBruxelas

A Comissão Europeia (CE) abriu uma investigação à Apple na sexta-feira por considerar que viola a livre concorrência no mercado de música online, abusando da sua posição dominante para aumentar o preço do serviço que os seus concorrentes oferecem aos consumidores.

Bruxelas considera que a Apple tem uma posição dominante no mercado porque a única forma de que os utilizadores de iPhone ou iPad possam descarregar apps de música online, como o Spotify -que foi o autor da reclamação- é por meio da sua própria loja, a App Store.

A Apple cobra dos seus concorrentes uma comissão de 30% sobre os planos de assinatura que oferecem aos usuários, que só conseguiram acessar por meio da App Store.