EFELondres

O duque e a duquesa de Cambridge, William e Catherine, irão passar mais tempo na Escócia para ajudar a preservar a união da região com o Reino Unido, pois a família real teme que os políticos estejam "a perder a Escócia", resultado da ascensão da independência, revela o "The Sunday Times".

O Palácio de Buckingham, residência da família real, quer aproveitar o sucesso da recente visita dos duques à Escócia para torná-los símbolos visíveis dos laços entre a Escócia e a Inglaterra (unidos pelo chamado Tratado de União de 1707) , acrescenta hoje o jornal britânico.

Segundo o jornal, os governantes do palácio consideram que o estreitamento dos laços não deve caber aos políticos porque a união se baseia no princípio da monarquia unida.