EFEHaia

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse esta terça-feira que a variante Ómicron do SARS-CoV-2 é "altamente contagiosa" e advertiu os países europeus de que devem "ser conscientes da sua carga potencial e não a relegar a uma doença leve".

Marco Cavaleri, chefe de Estratégia de Vacinação da EMA, sublinhou em conferência de imprensa virtual que as provas emergentes sobre os dados de eficácia das vacinas contra a covid-19 mostram que oferecem "uma proteção alta contra doenças graves e hospitalizações" relacionadas com a variante Ómicron.

Como tal, pediu aos cidadãos europeus para completarem a sua vacinação primária e receberem a dose de reforço caso esta esteja disponível.