EFECopenhaga

O internacional dinamarquês Christian Eriksen, que continua hospitalizado depois de ter caído inanimado no sábado durante o jogo Dinamarca-Finlândia do Europeu, assegurou esta terça-feira que se encontra "bem" e agradecido pelas demonstrações de afeto.

"Estou bem, dadas as circunstâncias. Ainda tenho que fazer alguns exames no hospital, mas encontro-me bem", disse o jogador no Instagram.

O "dez" da Dinamarca agradeceu pelas "doces e incríveis" mensagens que recebeu de todas as partes do mundo e disse que significam "muito" para ele e a sua família.

"Agora vou ser adepto dos rapazes da equipa dinamarquesa nos próximos jogos. Joguem por toda a Dinamarca", conclui a mensagem.

Eriksen caiu inanimado ao minuto 43 por razões ainda desconhecidas. Esteve clinicamente morto durante um tempo após uma paragem cardíaca, e foi reanimado com desfibrilador, segundo confirmaram os médicos da seleção dinamarquesa.

Depois de ter sido inicialmente suspenso pela UEFA, o jogo foi retomado duas horas depois e só quando os jogadores dinamarqueses comprovaram que Eriksen se encontrava em boas condições e de que havia acordo de todas as partes envolvidas no encontro.

O selecionador e jogadores da Dinamarca criticaram a UEFA por só lhes ter dado duas opções -retomar o jogo nesse dia ou fazê-lo no seguinte- e lamentaram que os tenham obrigado a jogar quando não estavam em condições de o fazer.

A Finlândia, que se estrava numa fase final, acabou por vencer por 0-1 com um golo de Joel Pohjanpalo aos 59 minutos.