EFEMadrid

O Ministério da Saúde espanhol vai propor às regiões do país a proibição de fumar nas esplanadas na hotelaria e restauração em todo o território nacional, independentemente de haver uma distância de segurança de dois metros.

A proibição de fumar ao ar livre, incluídas as esplanadas, está em vigor desde agosto de 2020 em toda a Espanha, caso não seja possível manter essa distância mínima, para evitar que o vírus se transmita no fumo exalado.

O rascunho da proposta ao qual a Efe teve acesso propõe esta medida "com o duplo objetivo de atuar sobre o tabaquismo como fator de risco de infeção e de contágio da covid-19 e junto à necessidade de contribuir ao controlo da evolução da doença em Espanha".

No texto, o ministério destaca que atualmente há seis regiões (Baleares, Canárias, Cantábria, Comunidade Valenciana, Astúrias e Aragão) que "avançaram nas medidas e proibiram" o consumo de diferentes produtos de tabaco nas esplanadas ao ar livre mesmo que haja distância de dois metros, e que outras comunidades autónomas estão atualmente a considerar a aplicação desta medida, emitiram recomendações a este respeito ou estão a favor da sua aplicação.