EFEMadrid

O Governo espanhol está a trabalhar em projetos de corredores seguros para que algumas regiões, inicialmente as ilhas Canárias e Baleares, possam começar a receber turistas estrangeiros, possivelmente alemães e escandinavos, a partir da segunda quinzena de junho.

Este projeto, que seria um passo anterior à abertura de fronteiras ao turismo internacional a partir de 1 de julho, foi apresentado pelo Ministro da Indústria, Comércio e Turismo, Reyes Maroto, numa entrevista à Efe.

"As ilhas ofereceram-se para fazer esses corredores", explicou Maroto, acrescentando que trabalha com outras regiões turísticas interessadas em "poder definir quais corredores e com que garantias".