EFEMadrid

Espanha vai começar, antes do final deste mês, a retirar as cercas com arame farpado que estão instaladas nas fronteiras das cidades de Ceuta e Melilla com o território de Marrocos, segundo informou esta sexta-feira o Ministério do Interior espanhol.

A previsão é que as obras durem dez meses, nas quais as barreiras serão trocadas por elementos considerados mais seguros e menos agressivos.

A medida indica a aplicação de um plano de modernização das fronteiras das duas cidades, que foi aprovado em janeiro deste ano pelo Governo presidido por Pedro Sánchez.