EFEVan Horn (EUA)

Jeff Bezos, o homem mais rico do planeta, chegou esta terça-feira ao espaço depois de descolar desde uma base no oeste do Texas (EUA) a bordo do foguetão New Shepard, com o qual passou os 106 quilómetros de altura para depois fazer o regresso a Terra, viagem que durou cerca de 11 minutos.

Dentro do foguetão fabricado pela Blue Origin, a companhia aeroespacial criada por Bezos no ano 2000, o fundador e até recentemente diretor-executivo da Amazon viaja acompanhado pelo seu irmão Mark, a piloto de 82 anos Wally Funk e Oliver Daemen, um estudante neerlandês de 18 anos e filho de um multimilionário.

Durante o trajeto a cápsula na qual os passageiros viajavam separou-se do foguetão propulsor ao chegar aos 76 quilómetros de altura, para depois continuar por sua conta os restantes 30 quilómetros até a uma distância da superfície terrestre que lhes permitiu experimentar por uns minutos a ausência de gravidade.

Uma vez concluída a viagem, que começou com 12 minutos de atraso devido a ajustes técnicos, a cápsula com os seus quatro ocupantes aterrou sem contratempos numa paisagem desértica perto do local do lançamento, nas imediações da pequena localidade texana de Van Horn.

"O melhor dia", exclamou Bezos dentro da cápsula ao aterrar.

Ao contrário do trajeto feito há pouco mais de uma semana pelo multimilionário Richard Branson, a viagem de Bezos e acompanhantes passou a linha imaginária de Karman, situada a 99,7 quilómetros da Terra, que em alguns âmbitos científicos se aceita como a divisão entre a atmosfera terrestre e o espaço exterior.