EFELisboa

A Mercadona abriu esta terça-feira um centro de coinovação em Lisboa, o segundo em Portugal e no qual investiu 2,2 milhões de euros, que serve de prelúdio à chegada dos supermercados da cadeia à região da capital, prevista para 2022.

O centro, localizado no bairro de Alvalade, conta com 2.400 metros quadrados distribuídos em dois andares e será dedicado à adaptação da sua oferta aos hábitos e preferências do consumidor local e ao desenvolvimento de novos produtos, informou a cadeia espanhola em comunicado.

Esta instalação junta-se ao centro de coinovação que a Mercadona tem em Matosinhos (norte) desde 2017, cujo trabalho permitiu a abertura dos primeiros supermercados da empresa em Portugal em 2019.

A Mercadona tem avançado desde então na sua expansão pelo país, o seu primeiro mercado internacional, e onde conta já com 24 lojas distribuídas por vários distritos do norte e centro do país.

Em 2021 tem prevista a abertura de outros cinco supermercados nestas regiões, e em 2022 dará ao salto à Área Metropolitana de Lisboa, com dois estabelecimentos em Setúbal e Montijo.

Para este ano, a companhia espanhola tem previsto investir 150 milhões de euros e contratar 600 trabalhadores em Portugal, onde terminou 2020 com um volume de vendas de 186 milhões de euros.

No final de 2020, a Mercadona contava com cerca de 1.700 trabalhadores em solo português.