EFELisboa

A Mercadona inaugurou esta terça-feira um novo supermercado na cidade de Espinho (norte), o vigésimo-terceiro em Portugal, onde começou a sua expansão há dois anos.

Para além dos inaugurados no passado dia 9 de junho em Guimarães e a 13 de julho na cidade do Porto -onde já conta com três-, a Mercadona prevê abrir outras seis lojas ao longo de 2021.

A próxima abertura terá lugar em Vila Nova de Famalicão (também no norte) a 12 de agosto.

A Mercadona abriu a sua primeira loja em Portugal a 1 de julho de 2021, e durante 2021 vai aumentar em meio milhar o número dos seus funcionários no país, que já passam a marca de 1.700 trabalhadores.

A companhia espanhola conta ainda em solo luso com um Centro de Inovação em Matosinhos (Porto) e um Bloco Logístico na Póvoa de Varzim (norte) no qual trabalham 258 pessoas para abastecer todas as lojas de Portugal.

Segundo o seu presidente, Juan Roig, a empresa pretende reforçar o seu crescimento em Portugal durante os próximos "cinco, seis ou sete anos".

A Mercadona tem já presença na maioria dos distritos do norte luso, como Porto, Braga ou Viana do Castelo.