EFELisboa

A cadeia de supermercados Mercadona vai começar a vender a partir desta sexta-feira testes rápidos de antigénio de deteção da covid-19 nos seus estabelecimentos de Portugal e a um preço de 2,10 euros por unidade.

A companhia informou esta quinta-feira em comunicado que o kit de autodiagnóstico que irá colocar à venda, fabricado pela Genrui Biotech, contém uma cassete de teste, um diluente de amostra, uma zaragatoa nasal, um saco para amostra de risco biológico e instruções de utilização.

Os testes estarão à venda nos 23 supermercados que a Mercadona tem em Portugal, concentrados no norte e centro do país.

Portugal autorizou este mês a venda em supermercados de testes rápidos de autodiagnóstico, que antes já se vendiam em farmácias.

Esta autorização chega depois da aprovação de uma medida que exige a apresentação de certificado digital ou teste negativo para aceder ao interior de restaurantes durante a noite de sexta-feira e em todo o fim de semana nos municípios de maior risco, entre os quais Lisboa e Porto.

É também exigido o certificado digital ou teste negativo nos hotéis e alojamentos turísticos em todo o país e a qualquer dia da semana.

A Mercadona abriu a sua primeira loja em Portugal a 1 de julho de 2021, e durante 2021 vai aumentar em meio milhar o número dos seus funcionários no país, que já passam a marca de 1.700 trabalhadores.