EFELisboa

A Mercadona doou a diferentes instituições de Portugal 270 toneladas de produtos de primeira necessidade durante a pandemia da COVID-19.

Segundo um comunicado da Mercadona, os donativos foram realizados entre janeiro e maio deste ano a diferentes entidades sociais do Porto, Braga e Aveiro (norte) com o objetivo de ajudar as pessoas mais necessitadas.

Fruta, legumes, carne, peixe, lácteos ou charcutaria foram os principais produtos doados a entidades como a Cruz Vermelha ou a Cáritas de Portugal.

Além disso, desde o passado mês de abril, a Mercadona colabora com seis centros de acolhimento temporário do norte de Portugal que recebem pacientes de lares de idosos infetados por COVID-19, tendo-lhes doado 11,5 toneladas de bens de primeira necessidade, continuando com estes donativos durante os próximos meses.

A Mercadona também colaborou com os profissionais do Hospital das Forças Armadas do Porto, aos quais doou mais de meio milhar de unidades de creme hidratante, e com outras entidades sociais com as quais colabora diariamente.