EFEValência

A Mercadona doou a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades de beneficência de Espanha e Portugal mais de 17.000 toneladas de produtos em 2020, mais 84% face ao ano anterior como consequência da atual crise sanitária e económica.

Estes donativos são o equivalente a mais de 283.000 carrinhos de compras e foram realizados através da colaboração com mais de 290 cantinas sociais, mais de 60 bancos alimentares e outras entidades sociais e organizações benéficas, segundo fontes da cadeia de supermercados.

A empresa espanhola realizou também outros donativos ao longo do ano, como as entregas realizadas em março e abril ao hospital de campanha montado no complexo do centro de feiras de Madrid.

Os clientes, por sua parte, colaboraram nesta campanha com o donativo de 3.800 toneladas, que equivale a mais de 63.000 carrinhos, nas diversas campanhas realizadas ao longo do ano.

Segundo indicou a empresa, a Mercadona tem em ação um Plano de Responsabilidade Social, centrado no âmbito social e ético, com o qual desenvolve distintas linhas de atuação sustentáveis que reforçam a sua aposta pelo crescimento partilhado.

A Mercadona colabora também com 32 fundações e centros de atividades ocupacionais, decorando as suas lojas com murais de mosaico de estilo trencadís elaborados por mais de 1.000 pessoas com algum tipo de deficiência intelectual.

Outra linha estratégica do plano é a sustentabilidade, contando para isso com um sistema de gestão ambiental próprio, baseado nos princípios da economia circular e focado na otimização logística, eficiência energética, gestão de resíduos, a produção sustentável e a redução de plástico.

A Mercadona trabalha juntamente com os seus fornecedores na Estratégia 6.25 para conseguir em 2025 um triplo objetivo: reduzir o plástico em 25%, que todas as embalagens deste material sejam recicláveis e reciclar todo o resíduo plástico.

A companhia espanhola trabalha ainda no Projeto de Distribuição Urbana Sustentável e na melhoria da qualidade do ar nas cidades através de camiões e carrinhas propulsadas por tecnologias mais limpas e eficientes.

Desde o ano de 2011 que a Mercadona é parceira do Pacto Mundial das Nações Unidas para a defesa dos valores fundamentais na matéria de direitos humanos, normas laborais, ambiente e luta contra a corrupção.