EFEMadrid

No âmbito do 80º aniversário da Agência Efe, o mundo do desporto juntou-se às comemorações, com diversas personalidades a enviar mensagens de parabéns, com destaque ao profissionalismo que caracteriza os mais de 3 mil jornalistas da empresa, que atuam em mais de 60 países.

Atletas como Rafael Nadal, Pau Gasol, o selecionador argentino Diego Simeone e até mesmo o presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, enviaram as suas felicitações.

Rafael Nadal (tenista): "Gostaria de dar os parabéns à Agência Efe pelo 80º aniversário. É um número muito importante, e quero agradecer a grande cobertura que dão a todo o desporto espanhol durante todos esses anos. Uma agência como a Efe, que pode abordar as notícias do desporto à volta do mundo, é de uma grande ajuda para nós. Graças a vocês, os nossos êxitos, as nossas vitórias, as nossas derrotas, têm mais repercussão. Quero agradecê-los pelo grande trabalho que fazem. Desejo toda a sorte do mundo no futuro e que possam completar muitos mais anos, para continuar a trabalhar desta maneira".

Fernando Alonso (piloto de automobilismo): "Quero mandar uma saudação e um parabéns à Agência Efe pelo 80º aniversário. A Agência Efe sempre foi uma referência em comunicação, em notícias, em dar uma grande cobertura do desporto em todo o mundo. No nosso caso, em Espanha, com a Fórmula 1, não posso estar mais agradecido de vos ter tido sempre ao lado e de ter grandes amigos na Agência Efe. Parabéns pelos 80 anos, pelos muito mais que chegarão, sempre com todo o profissionalismo. Parabéns".

Pau Gasol (jogador de basquetebol): "Queria dar os meus parabéns pelos 80 anos da Agência Efe. Parabéns por todos esses anos de grande trabalho, de transmissão de informação. Tenho recordações muito boas, sobretudo de Jorge Muñoa (jornalista da agência), nos primeiros anos nos campeonatos e acompanhando a seleção, e também aqui na NBA. E depois de Antonio Martín (também jornalista da agência), que esteve a cobrir em Los Angeles essa etapa tão bonita e especial que vivi lá. Muitas lembranças, felicidade e por mais 80 anos de Efe".

Gianni Infantino (presidente da Fifa): "Parabéns pelos 80 anos da Efe. Felicidade e parabéns. É um aniversário fantástico, porque como sabemos, a Efe está sempre presente. O que a Efe faz, o que a Efe está a fazer durante 80 anos, que continuem não só por mais 80 mas sim por mais 800 anos".

Marc Márquez (motociclista): "A Agência Efe representa jornalismo puro, por todos os anos que existe e, principalmente, porque não perde um fato, está em todos os eventos. São muito profissionais, perguntam o que importa. Desejo toda a sorte no futuro e que completem muitos mais anos".

Conchita Martínez (ex-tenista): "Sempre que relembro a minha vitória sobre Martina Navratilova há 25 anos, um dos dias mais felizes da minha vida, lembro que a Efe estava lá para contar, como sempre esteve em todos os lugares em que joguei para contar essas notícias tão fantásticas".

Diego Simeone (treinador de futebol): "Envio uma saudação a vocês, diretores, profissionais e funcionários da Agência Efe, pelos 80 anos de vida. Deixo o meu reconhecimento pelo trabalho que realizam diariamente, para nos manter informados de tudo o que acontece no mundo. Felicidades".

Jon Rahm (jogador de golfe): "Ter um jornalista espanhol, a onde vou no mundo, nos Estados Unidos, é sempre bom. Ter essa representação, falar com os espanhóis, é sempre bom".

Diego Forlán (ex-futebolista): "A Efe está sempre lá, sempre esteve, e acompanhou-me durante toda a minha carreira, por todas as partes do mundo. Por isso, desejo um feliz aniversário".

Raúl González (ex-futebolista): "Quero felicitar a Agência Efe pelos 80 anos. É um meio que me acompanhou durante toda a trajetória desportiva em Espanha, Alemanha, Catar e Estados Unidos. O respeito e o carinho que me deram são recíprocos. Por isso, os meus melhores desejos para que continuem próximos do desporto espanhol".

Fernando Torres (ex-futebolista): "A Efe sempre com as suas fotos e os seus textos a acompanhar-me ao longo da minha carreira, em momentos muito importantes: como a estreia no Atlético, o golo na Europeu, no Mundial, o segundo Europeu, os meus maravilhosos anos em Inglaterra, com Liverpool e Chelsea. Está tudo nos arquivos da Efe. Só vos digo que espero que sigam com o mesmo rigor, honestidade e profissionalismo, cobrindo todas as informações, porque vou estar a acompanhar".