EFELos Angeles (EUA)

A Netflix adquiriu os direitos de exibição internacional da série "Seinfeld", que a partir de 2021 terá todos os 180 episódios disponibilizados no catálogo da plataforma.

De acordo com o jornal Los Angeles Times, o acordo assinado entre a Netflix e a Sony -proprietária da série-, terá a duração de cinco anos.

Por enquanto, "Seinfeld" irá permanecer na plataforma Hulu (da Disney) no mercado dos Estados Unidos, enquanto no âmbito internacional seguirá na Amazon Prime. Ambos os contratos terminarão no momento em que a série passará a ser exibida pela Netflix.

A nova aquisição vem logo após o catálogo da Netflix perder duas das séries mais queridas dos espetadores, "Friends" e "The Office".

Em julho, a WarnerMedia confirmou que a partir de meados de 2020 terá a exclusividade dos direitos de "Friends". A série ainda pode ser vista na Netflix, mas passará em breve para o HBO Max, novo serviço do grupo Warner.

O mesmo vai acontecer com o "The Office", que deixará a Netflix e, a partir de 2021, será exclusiva da nova plataforma digital que está a ser elaborada pela NBCUniversal.

A Netflix não divulgou o valor da aquisição de "Seinfeld", mas fontes citadas pelo Los Angeles Times indicam que a operação ultrapassa os 500 milhões de dólares que a NBCUniversal pagou pelo "The Office" e os 425 milhões que a WarnerMedia desembolsou por "Friends".

Exibida nos Estados Unidos entre 1989 e 1998, "Seinfeld" é considerada uma das comédias de TV mais populares e influentes da década.