EFERio de Janeiro

Um incêndio ocorrido esta sexta-feira nas instalações do centro de treinos do Flamengo, o clube mais popular do Brasil, provocou dez mortos, todos eles jovens entre 14 e 16 anos.

Estes são os jovens jogadores que perderam a sua vida:

- Christian Esmerio (15). Considerado um dos jovens mais promissores da equipa carioca. O guarda-redes já tinha sido convocado algumas vezes com as seleções jovens da seleção brasileira.

- Arthur Vinicius (14). Jogava como defesa central na equipa. Este sábado, dia 9 de fevereiro, faria 15 anos, e tinha sido chamado no final do ano passado para jogar pelas seleções jovens do Brasil.

- Athila Paixão (14). Nascido em Largarto, no empobrecido estado de Sergipe. O avançado começou a jogar no Flamengo no início do ano passado.

- Bernardo Pisetta (15). Original de Santa Catarina, jogava como guarda-redes da equipa desde agosto do ano passado. Começou no futsal e passou por equipas como o Guarani, Brusque e Atlético Paranaense.

- Jorge Eduardo Santos (15). Nascido no estado de Minas Gerais, começou a jogar futsal com 6 anos e entrou na academia do Flamengo aos 12 anos.

- Pablo Henrique (14). Defesa central da equipa desde agosto do ano passado, era primo de Werley Ananias da Silva, jogador da mesma posição da equipa profissional Vasco de Gama.

- Samuel Thomas Rosa (15). Lateral direito. Foi vice-campeão da Taça Votorantim e campeão da Taça Nike.

- Vitor Isaías (14). Avançado nascido em Santa Catarina, estava há seis meses no Flamengo e tinha jogado futsal no Figueirense.

- Gedson Santos (14 anos). Médio. Chegou ao clube em 2019.

- Rykelmo de Souza Vianna (16 anos). Começou a carreira como jogador do Independente de Limeira (São Paulo) e estava no Flamengo há 3 anos. Atuava como trinco.