EFEMadrid

O presidente do Governo espanhol interino, Pedro Sánchez, pediu aos militantes do seu partido, o Partido Socialista (PSOE), que apoiem o acordo alcançado com a coligação de esquerda Unidas Podemos (UP), pois é essencial depois do resultado das recentes eleições.

Sánchez, numa carta aos militantes socialistas, pediu-lhes, como secretário-geral do partido, que apoiem a consulta que o vai PSOE realizar entre os seus membros daqui a uma semana para endossar esse acordo com o UP.

O líder socialista diz que é a "única forma real de evitar o bloqueio" e que não se trata apenas de ganhar o apoio na sua próxima investidura como presidente do Governo, mas sim de ter "uma maioria sólida" para toda a legislatura.