EFEMadrid

O Partido Popular (PP) e o Ciudadanos (Cs) iniciaram esta quarta-feira as primeiras conversas para conseguir um acordo de governabilidade na Andaluzia após as eleições autónomas realizadas no passado domingo e conseguir uma mudança de governo, segundo informaram à Efe fontes de ambos partidos.

Os secretários gerais do PP, Teodoro García Egea, e do Cs, José Manuel Villegas, mantiveram uma primeira conversa e propuseram falar nos próximos dias a fim de fechar a reunião anunciada para a próxima semana.

Ambos partidos estão dispostos a negociar após terem ficado como a segunda e terceira força política na Andaluzia, onde o PSOE não obteve os votos suficientes para poder governar em coligação com o coalizão com Adelante Andalucía.

O acordo entre ambas forças políticas, que além disso requerem do apoio do VOX para poder governar, é considerado difícil, pois os dois candidatos à Presidência da Junta da Andaluzia expressaram a sua intenção de querer presidir o novo governo.

O presidente do PP-A, Juanma Moreno, advertiu esta quarta em Málaga ao Ciudadanos que "não é discutível" qual dos dois candidatos deve presidir a Junta porque os andaluzes "decidiram que a poltrona da Presidência deve ser ostentada por quem mais apoio e confiança teve, que foi o PP".