EFEMadrid

O aumento do número de refugiados climáticos, a diminuição drástica das colheitas e o cada vez maior risco de contrair doenças como a malária são alguns dos efeitos da crise climática que serão debatidos pelas delegações participantes da 25ª edição da Cimeira do Clima da ONU (COP25), que terá início na segunda-feira.

O encontro, que será realizado de 2 a 13 de dezembro, em Madrid, contará com representantes de 195 países e abordará novas estratégias para o combate à crise climática.

Clima é o conjunto de condições meteorológicas que caracterizam uma região durante um longo período de tempo. A mudança climática é a variação global do clima da Terra.