EFELondres

O Governo do Reino Unido vai procurar "liberdade regulamentar" da União Europeia (UE) e um acordo separado para o setor pesqueiro nas suas próximas negociações com o bloco para um acordo comercial, disse esta quinta-feira o ministro Michael Gove ao expor as prioridades ao Parlamento.

O Executivo do primeiro-ministro, o conservador Boris Johnson, contempla ainda abandonar a negociação em junho se então não houver um acordo sobre as linhas gerais do pacto, segundo indica o documento governamental sobre a posição negociadora publicado na internet.

Durante a sua intervenção frente aos deputados, Gove reiterou que o Reino Unido procura conseguir um acordo similar ao do Canadá, Japão e Coreia, que não requerem um alinhamento estrito com o regulamento europeu, e promover "uma relação de amizade entre iguais soberanos".