O esperado “Ghost of Tsushima”, uma detalhista recreação do universo samurai ambientado no Japão feudal, e o novo videojogo de realidade virtual “Iron Man” chegam em julho, um mês recheado de lançamentos para tornar a nova normalidade mais divertida.

- “Iron Man” -3 de julho, PS4-. O videojogo, criado pelo estúdio Camouflaj e Marvel para a PS4, usa todas as possibilidades da realidade virtual para que o jogador se meta na pele de Tony Stark, o multimilionário da Marvel, que abandonou o negócio das armas para se centrar na criação de tecnologia para combater o mal.

Os combates no ar de Iron Man, no seu reconhecível fato vermelho, ganham realismo com as novas possibilidades técnicas oferecidas pela realidade virtual. O super-herói é atacado pela misteriosa “Fantasma”, uma pirata informática que reutiliza armas antigas da Indústrias Stark para uma missão temerária.

- “F1 2020” -10 de julho, PS4, PC, Stadia e Xbox One-. O videojogo oficial da Fórmula 1 regressa novamente com a assinatura da Codemasters e com várias novidades: além de melhores gráficos, o jogador pode, pela primeira vez, criar a sua própria equipa, um dos elementos mais exigidos pelos fãs.

O lançamento, que coincide anualmente com a metade da temporada de Fórmula 1, chega este ano num momento complicado para o setor, que se viu obrigado a suspender a época devido à pandemia de coronavírus.

- “Death Stranding” -14 de julho, PC- O jogo mais esperado de 2019 chega finalmente a PC. A obra de Hideo Kojima, criador da saga “Metal Gear”, volta à linha da frente com um jogo que demorou três décadas a ser criado e que se tornou numa das histórias mais pessoais do género.

O elenco é digno de um filme de Hollywood, com Norman Reedus, Mads Mikkelsen ou Lea Seydoux nos principais papeis. A história é também fora do comum: num mundo assolado por uma catástrofe, um distribuidor entrega paquetes entre as comunidades isoladas de cidadãos. A sua missão é voltar a ligar a rede de comunicadores do país.

- “Ghost of Tsushima” -17 de julho, PS4- O novo projeto do estúdio Sucker Punch ("Infamous") é o mais complexo que desenvolveu até à data e chega rodeado de expectativas. Para a sua criação, o estúdio viaja até ao Japão feudal do século XIII através do olhar de Jin, o último samurai da Ilha de Tsushima, que deverá fazer frente à invasão do exército mongol.

Na sua viagem particular, Jin construirá o seu próprio código de honra, não sem os seus dilemas, para impedir a invasão da sua pátria. As ferozes batalhas com espadas são as protagonistas da dinâmica do jogo, para o qual o estúdio recriou meticulosamente o Japão da época, com belas paisagens naturais, vestuário e edifícios da altura.

- “Paper Mario: The Origami King” -17 de julho, Switch- A popular personagem da Nintendo coloca-se novamente num colorido universo de papel, e nesta ocasião vai estar acompanhado por Olivia, uma nova companheira de aventuras.

O jogador segue ambos numa aventura cheia de humor que tem como objetivo libertar a princesa Peach, tornada em origami e fechada num castelo de papel por um malvado rei.

- “Warhamer 40,000 Mechanichus” -17 de julho, PS4, Xbox One e Switch-. O jogo tático da Kasedo Games e Bulwark Studios chega agora a consolas e com novas missões, bosses e personagens. O jogador poderá controlar o elenco de forças da Adeptus Mechanicus para salvar tecnologias antigas das misteriosas cavernas do planeta Silva Tenebris, numa história assinada pelo escritor de romances noir Ben Counter.

- “Destroy all Humans Remake” -28 de julho, PS4, Xbox One e PC. Os aliens estão de volta. O bem-sucedido videojogo de 2005 que parodiava os filmes de invasão extraterrestre dos anos 50 chega à PS4, Xbox One e PC com um remake de disparos e mundo aberto cheio de humor e assinado pela THQ Nordics e Black Forest Games.

O jogador encarna Crypto-137, um extraterrestre que tem como missão recolher todo o adn que puder para contribuir ao plano de extermínio dos humanos do Império Furon. O objetivo é aniquilar a espécie humana e todas as formas de vida à face da Terra, além de derrubar o Governo dos Estados Unidos.

- “Roki” -23 de julho, Switch e PC- Coragem, aventura e folclore escandinavo encontram-se neste conto de fadas contemporâneo com tonalidades sombrias criado pelo estúdio independente Polygon Treehouse. Tove, uma jovem rapariga, tenta salvar a sua família numa história de exploração, aventura e puzzles, entrando num mundo fantástico onde encontra criaturas mitológicas que não deveriam existir, mas existem.

- “Skater XL” – 28 de julho para PS4, PC e Xbox One-. A nova onda de videojogos de 'skaters' tem neste título um dos projetos mais realistas. Os jogadores podem escolher entre nomes famosos do mundo do skate como Tiago Lemos, Evan Smith ou Tom Asta, e meia centena de praças, ruas, edifícios e 'half-pipes' inspiradas em mais de 60 lugares reais da California, meca do skate.