EFEWashington

Uma quantidade sem precedentes de 3,28 milhões de pessoas solicitaram entrada no fundo de desemprego nos Estados Unidos na semana passada, em comparação com os 282.000 pedidos da semana anterior, informou o Departamento do Trabalho esta quinta-feira.

O aumento, causado pelo encerramento de atividades em resposta à epidemia da COVID-19, ultrapassou o recorde histórico de 695.000 pedidos em 1982.

As solicitações de subsídio de desemprego em geral refletem o ritmo das demissões, e estas aceleraram-se nas últimas duas semanas com o encerramento de centros comerciais, restaurantes, parques de diversões, teatros e uma enorme queda nas viagens, especialmente por via aérea.

As vendas de automóveis também diminuíram e os fabricantes fecharam fábricas enquanto encaram as suas obrigações de empréstimo e outros custos fixos.

O relatório do Departamento do Trabalho mostra que os sectores mais afetados pelo desemprego foram os hotéis e restaurantes, seguidos pelos transportes e armazéns, assim como o industrial.

Os maiores aumentos nos pedidos foram no estado da Pensilvânia, com 378.908, Ohio, com 187.784, e Califórnia, com 186.809.