EFELondres

O banco americano JP Morgan confirmou à Efe que vai financiar a nova Superliga Europeia de futebol, que irá contar ao princípio com doze clubes fundadores.

"Posso confirmar que financiamos a operação, mas de momento não temos mais comentários ao respeito", disse à Efe um porta-voz do JP Morgan.

Seis clubes ingleses (Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham Hotspur), três italianos (Juventus, Inter de Milão e AC Milan) e três espanhóis (FC Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid) assinaram como membros fundadores, segundo confirmou a Superliga em comunicado.

É esperado que outros três clubes se juntem antes da inauguração desta nova competição, que se prevê que comece em agosto. Ao todo, irá contar com 20 clubes: os 15 fundadores e 5 que se vão classificar anualmente em função das suas conquistas.