EFEBerlim

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, ressaltou esta segunda-feira que as negociações sobre o "brexit" são feitas desde Bruxelas, depois de se conhecer que Londres estava a oferecer acordos bilaterais a diferentes países-membros da União Europeia (UE).

Maas fez estas declarações na conferência de imprensa depois da sua reunião em Berlim com o negociador europeu para o "brexit", Michael Barnier, relativamente aos contatos sobre esta questão que se vão manter a distintos níveis nos próximos dias.

"Quero ressaltar que as estruturas para as negociações estão na Comissão Europeia (CE), apesar dos contatos bilaterais" que se possam realizar, afirmou Maas.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros ressaltou além disso que a posição de Berlim não mudou e que o seu objetivo é conseguir uma solução "como UE27" baseada em dois princípios: a manutenção do Acordo de Paz da Sexta-feira Santa e a proteção do mercado interno.

Considerou ainda que as últimas propostas de Londres não são implementáveis nem fornecem segurança legal, e reiterou o interesse do Governo alemão que se alcance uma saída ordenada do Reino Unido da UE, porque uma saída sem acordo provocaria "danos enormes".

No entanto, indicou que seria um "erro" que cada capital europeia negociasse as diferentes propostas com Londres.