EFEBruxelas

A Comissão Europeia (CE) impôs esta quinta-feira uma multa de 242 milhões de euros à fabricante de processadores americana Qualcomm por vender a preços abusivos, abaixo dos custos de produção, os "chipsets" (circuitos integrados auxiliares) de banda base 3G.

Segundo explicou o Executivo comunitário em comunicado, a companhia abusava da sua posição dominante com o objetivo de expulsar do mercado a sua concorrente, a multinacional britânica Icera, algo ilegal de acordo com as normas de concorrência da União Europeia (UE).