EFERio de Janeiro

O Nubank, o maior banco digital independente do mundo, anunciou esta segunda-feira que Anitta, a rainha brasileira da pop, se juntou ao seu conselho de administração, com o qual a instituição financeira procura melhorar os seus serviços e produtos.

Com uma fortuna estimada em 100 milhões de dólares, e depois de ter gerido diretamente a sua carreira profissional, a bem sucedida artista brasileira, de 28 anos, vai para além da música e entra no mundo financeiro.

Segundo o banco, a cantora vai participar trimestralmente nas reuniões organizadas pela entidade com membros da direção para "discutir decisões estratégicas para o futuro do banco digital".

"Anitta, o maior ícone pop da América Latina na atualidade, e o Nubank, o maior banco digital independente do mundo, anunciam hoje que a cantora se juntou ao Conselho de Administração da empresa", informou a entidade financeira em comunicado.

Segundo o Nubank, o verdadeiro impacto que os produtos da instituição financeira tiveram na vida das pessoas foi o que motivou o artista a ligar-se à empresa.

"É muito chato e constrangedor não conseguir ter acesso a produtos financeiros. Muita gente na América Latina sempre viveu de emprego informal. Como é que essas pessoas vão ter histórico de crédito? Fiquei impressionada ao ver o trabalho deles (Nubank) em fazer com que milhões de pessoas se sintam incluídas, podendo ter uma vida financeira melhor", explicou Anitta, citada no comunicado.

"A Anitta tem uma profunda compreensão do comportamento dos consumidores nestes mercados e tem muita experiência em estratégias de marketing vencedoras. Estas competências foram a chave para a convidar para o conselho de administração. Nenhum outro membro do conselho tem essa experiência", disse David Vélez, CEO e fundador da companhia.

Fundado em 2013, o banco digital, que conta com 40 milhões de clientes, tem atualmente escritórios em São Paulo, Cidade do México, Buenos Aires, Berlim e Colômbia.