EFEBruxelas

A Comissão Europeia (CE) anunciou hoje que abriu uma investigação preliminar contra a gigante americana da venda na internet Amazon por supostas práticas anticoncorrência.

Bruxelas suspeita que a empresa de Seattle, que funciona como vendedor online mas também oferece a sua plataforma como vitrina e mercado para comerciantes independentes, recolhe e utiliza "informação confidencial competitiva" destes.

"O comércio eletrónico impulsionou a concorrência no comércio no retalho e ampliou as oportunidades de escolha e reduziu os preços. Devemos assegurar-nos que as grandes plataformas online não eliminem estes benefícios ao participar num comportamento anticompetitivo", declarou em comunicado a comissária europeia da Concorrência, Margrethe Vestager.